ELETROFISIOLOGIA DA AUDIÇÃO: APLICAÇÃO CLÍNICA INTENSIVA

PÚBLICO-ALVO

Fonoaudiólogos, Otorrinolaringologistas.

DATA

Aguardando reabertura do espaço físico para início das aulas presenciais. Saiba mais clicando aqui.

HORÁRIO

1º dia (sexta-feira) – Parte Teórica I: das 8h30 às 17h 

2º dia (sábado) – Parte Teórica II: das 8h30 às 17h 

3º dia (domingo) – Parte Prática: das 9h às 13h

HORAS/AULA

22h/aula

INVESTIMENTO

Até dia 15 de outubro: R$1.900

Após dia 15 de outubro: R$2.200

Somente parte prática: R$ 620

PROGRAMA

PARTE TEÓRICA I (11.09)

POTENCIAL EVOCADO DE CURTA LATÊNCIA

▪ PEATE: Aplicações clínicas e indicações, técnicas, parâmetros e protocolos 

▪ PEATE na avaliação neurológica 

▪ PEATE no contexto da avaliação infantil: Pesquisa do limiar auditivo eletrofisiológico – PEATE por frequência específica (Tone Burst e Chirp) 

▪ PEATE por Via Óssea 

▪ Potencial Evocado Auditivo de Estado Estável 

▪ Discussão de casos clínicos das professoras e dos alunos 

PARTE TEÓRICA II (12.09)

POTENCIAL EVOCADO AUDITIVO DE LATÊNCIA MÉDIA 

▪ Aplicações clínicas e principais indicações 

▪ Análise clínica do PEALM 

▪ Técnicas, parâmetros e protocolos utilizados 

▪ Interpretação dos traçados e resultados 

POTENCIAL COGNITIVO – POTENCIAL P300 

▪ Aplicações clínicas e indicações 

▪ Técnicas, parâmetros e protocolos utilizados 

▪ Interpretação do traçado. 

▪ Diferenças entre P3a e P3b 

PARTE PRÁTICA (13.09)

  • Manuseio monitorado dos alunos nos equipamentos 
  • Possibilidade de esclarecimentos de dúvidas específicas e individualizadas 

Na aula prática, os alunos terão a oportunidade de manusear os equipamentos (Biologic e Eclipse), acompanhar a preparação para o exame, a obtenção, a discussão e interpretação dos resultados.

MINISTRANTES

Dra. Daniela Capra

Doutoranda em Neurociência pelo Instituto Nacional de Neurociência Translacional (INNT) – Linha de pesquisa: Neuropatologia Celular e Molecular. Mestre em Medicina pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Especialista em Otorrinolaringologia pela Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial (ABORL-CCF). Responsável pelo Setor de Otorrinolaringologia do PROJETO ZIKA do Instituto Estadual do Cérebro Paulo Niemeyer (IECPN-RJ) Chefe do Serviço de Otorrinolaringologia do Centro de Tratamento de Anomalias Craniofaciais do Rio de Janeiro (CTAC-RJ), Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ). Sua área de atuação principal é a Otologia e a Otoneurologia, dedicando-se ao estudo, ao diagnóstico e ao tratamento das doenças da audição e do equilíbrio, em crianças e adultos. Sócia-fundadora do Centro de Eletrofisiologia e Neuroaudiologia Avançada (CENA). 

Dra. Milaine Sanfins

Doutora em Ciência na área de Saúde da Criança e do Adolescente pela Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Estadual de Campinas – UNICAMP e pelo Dipartimento di Scienze Biomediche e Chirurgico Specialistiche della Università degli Studi di Ferrara (2017). Especialista em Audiologia pelo Conselho Federal de Fonoaudiologia (2005). Mestre em Ciências (Fisiopatologia Experimental) pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo – FMUSP (2004). Fonoaudióloga pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo – FMUSP (1999) Pesquisadora do Instituto de Pesquisa Professor Joaquim de Amorim Neto (IPESQ) com ênfase no diagnóstico e monitoramento de bebês e crianças com síndrome congênita associada a infecção do Zika Vírus Pesquisadora do Instituto RESPIRARE com ênfase na avaliação do sistema auditivo periférico e central em indivíduos com deficiência auditiva Sócia-fundadora do Centro de Eletrofisiologia e Neuroaudiologia Avançada (CENA).

LOCAL

  • R. Dona Laura, 333 - Rio Branco
  • CEP: 90420-150
  • (51) 99977.8038
  • cursos@vozativaed.com.br