DE CONTO EM CONTO: QUANDO AS HISTÓRIAS ALIMENTAM A LINGUAGEM INFANTIL

PÚBLICO-ALVO

Fonoaudiólogos e Pedagogos

METODOLOGIA

Aula de metodologia ativa, com intensa participação dos alunos.

A experiência por meio da técnica de “leitura dialogada” de contos, realizados pelas ministrantes, será um modelo concreto para que os alunos possam construir ativamente sua própria mediação, experimentando a aplicação de técnicas. Etapas preparatórias do discurso de mediação e a escolha de estratégias que envolvam dramatização trarão os elementos necessários para que os alunos possam realizar um trabalho ativo e orientado com os contos. Essa construção conduzirá a consciência sobre os aspectos a serem estimulados na linguagem, cujas estratégias estarão sempre orientadas pelas melhores evidências científicas de efetividade no desenvolvimento das competências receptiva e expressiva ligados à linguagem infantil.

O certificado de participação do curso será conferido ao aluno que frequentar o curso completo.

Serão oferecidas apostilas. Também serão oferecidas listas contendo a indicação de livros e de histórias, em função da faixa etária, que possam ser posteriormente empregadas com o intuito de estimular a linguagem infantil.

DATA

15 e 22 de Agosto de 2020

HORÁRIO

das 13h30 às 17h30

HORAS/AULA

8h/aula

INVESTIMENTO

R$ 390

PROGRAMA/OBJETIVOS

Experiências significativas durante os primeiros anos de vida da criança podem fornecer oportunidades para o desenvolvimento e suporte ao posterior aperfeiçoamento da língua. A leitura de contos e de histórias tem sido indicada pela literatura científica como um grande fator protetivo do desenvolvimento da linguagem. Estudos longitudinais revelam que o tempo de dedicação de pais e cuidadores a leitura de histórias na mais tenra infância é o indicador mais robusto de modificações positivas no curso do desenvolvimento linguístico inclusive de crianças com inicial atraso nessas competências comunicativas. Entretanto, a contação deve ocorrer de forma ativa e motivadora para atuar de forma profunda a ponto de minimizar impactos e tendências de alterações do desenvolvimento da linguagem. A técnica de “leitura dialogada” de livros de histórias é um dos formatos mais estudados enquanto tarefa destinada a ampliar o aprendizado da língua por crianças. Por meio dessa técnica, as crianças não apenas adquirem linguagem e exposição ao letramento, mas também experimentam o crescimento do vocabulário, o aprendizado de como lidar com livros e as diferentes estruturas textuais, bem como são estimuladas a organizar e ampliar a complexidade de suas estruturas morfossintáticas. Somado a técnicas de “Ajuda para compreensão” baseada em modelos de planejamento da leitura textual, podem ainda potencializar as habilidades receptivas tão importantes para o aprendizado e domínio das regras estruturais da língua. Assim, estudar e aplicar esses conceitos de forma teórico-prática pode ser uma estratégia interessante para a consolidação da atuação clínica em linguagem, bem como favorecer o desenvolvimento linguístico global de escolares no contexto educacional.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

O CONTO COMO FERRAMENTA PARA A ESTRUTURAÇÃO DA LINGUAGEM

Evidências científicas atuais como norte para atuação clínica

Módulo 1

A técnica de mediação da Compreensão Oral: 

“Ajudar a compreender” 

  • Compreensão Oral nas diferentes fases da vida: O que esperar? 
  • Técnicas de mediação oral para potencializar a compreensão de ideias, da estrutura textual e da compreensão global: Como planejar a atuação para as diferentes faixas etárias 
  • A técnica na prática: A vivência do conto e o planejamento prático da ajuda oral no texto 

Módulo 2

A história como alimento da “alma” – “O que significa, fica” 

  • Quando o desenvolvimento infantil escolhe o conto: diferentes momentos, diferentes interesses e necessidades 
  • História e dramatização: Quando o “drama” auxilia na criação das imagens mentais – Imaginação e Compreensão Oral 
  • Como criar sua própria história: O caminho do herói

MINISTRANTES

Dra. Adriana Kida

CRFa. 02-11.795-9

Fonoaudióloga Clínica atuante na Clínica Tobias – Medicina Antroposófica. Atuação clínica nas áreas de linguagem e aprendizagem.

Fonoaudióloga pela Faculdade de Odontologia de Bauru /USP

Mestre em Educação Especial – UFSCAR

Doutora em Ciências: Distúrbios da Comunicação Humana  – UNIFESP – SÃO PAULO

Doutorado com Estágio no Exterior: Universidad de Salamanca (USAL) – Departamiento de Psicología Evolutiva e de la Educación;

Pós-doutora pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico: LIDA – Universidade Estadual Paulista (UNESP – Marília)

Professora dos cursos de aprimoramento e especialização em linguagem do CEFAC.

Fga. Maria das Graças Paiva Siracusa

CRFa. 02-0765

Fonoaudióloga Clínica atuante na Clínica Tobias – Medicina Antroposófica

Fonoaudióloga pela UNIFESP-SP – Escola Paulista de Medicina.

Especialização em Voz pelo CEV -Centro de Estudo da Voz.

Formação em Dramaterapia pelo Sagres – Centro Antroposófico de Educação (Florianópolis).

Professora convidada de cursos de formação para fonoaudiólogos (UNIFESP,UNIBAN, UNI SÃO CAMILO), professores, dentistas e outros profissionais.

Coordenadora e professora no curso de Fonoaudiologia ampliada pela Antroposofia.