CURSO DE APRIMORAMENTO – NEUROEDUCAÇÃO – A CIÊNCIA DO CÉREBRO, DA APRENDIZAGEM E DO COMPORTAMENTO APLICADA A REALIDADE CLÍNICA E EDUCACIONAL 2019 – FAMOSP/ CEFAC

PÚBLICO-ALVO

Graduados em pedagogia, fonoaudiologia, psicopedagogia, psicologia e demais profissionais envolvidos com a educação e aprendizagem.

CONCEPÇÃO DO PROGRAMA

Este curso possui como aspecto fundamental a compreensão do cérebro humano e suas implicações no processo de ensino-aprendizagem. Oferece aos profissionais graduados, nas diversas áreas do conhecimento humano, diferentes competências para atuar, com sucesso, na sociedade contemporânea por meio da utilização dos métodos científicos de prevenção, identificação, intervenção, bem como a avaliação das dificuldades de crianças, adolescentes e adultos. Possui como metas conhecer, observar, analisar e refletir sobre a teoria e práxis da aprendizagem humana sob a ótica do funcionamento cerebral reconhecendo o cérebro como o órgão responsável pela integração entre emoção, cognição e compreensão ambiental.

DATA DE INÍCIO

2019

HORÁRIO

Sábado 8:00 às 17:00

OBJETIVOS

Conduzir, de forma prática e aplicada, profissionais ligados à área da educação e aprendizagem, ao conjunto de conhecimentos que compõem a Neuroeducação no sentido de formá-los para que possam identificar, compreender e criar estratégias que permitam desenvolver e estimular processos neurocognitivos fundamentais envolvidos no ato de aprender, criando métodos eficazes de ensino-aprendizagem.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS

Compreender as bases neurocientíficas dos processos envolvidos na aprendizagem e seus distúrbios; Identificar perfis neuropsicológicos na normalidade e nos principais transtornos do desenvolvimento que podem prejudicar a aprendizagem; Desenvolver e aplicar, nas práticas diárias, conhecimentos e estratégias neurocientíficas que garantam um melhor processo de ensino-aprendizagem; Desenvolver estratégias de ensino que possam ser aplicadas na educação especial visando à inclusão escolar e social.

JUSTIFICATIVA

Embora seja uma ciência relativamente nova, a Neuroeducação tem experimentado grande crescimento  mundial na medida em que, tendo como objetivo criar melhores condições de ensino e aprendizagem procura levar, para a prática diárias dos educadores descobertas importantes sobre os processos de aprendizagem, memória, atenção, processamento de informações, aquisição da linguagem  oral e escrita e outros conhecimentos acerca do desenvolvimento humano.

A escola deve ser, por excelência, o espaço ideal para a aprendizagem. Porém, quem ensina deve ser  capaz de dominar, além do conteúdo que professa, conhecimentos a respeito de como as informações que estão sendo passadas são processadas  pelo cérebro do aprendiz, a ponto de garantir a assimilação, a manutenção na memória, a recuperação e o uso de tais informações. Dificilmente uma aprendizagem sólida, duradoura e de qualidade pode ser alcançada sem tal base de conhecimentos.

Este curso pretende preencher essa lacuna fornecendo informações aos profissionais de saúde e educação sobre o processamento cerebral e a aprendizagem em especial no contexto educacional.

COORDENAÇÃO

Dra. Telma Pantano

Possui graduação em Curso de Fonoaudiologia pela Universidade de São Paulo (1997), Especialista em Linguagem pelo CRFA, Especialista em Psicopedagogia pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, mestrado em Ciências (Fisiopatologia Experimental) pela Universidade de São Paulo (2001), doutorado em Ciências (Fisiopatologia Experimental) pela Universidade de São Paulo (2005), Master em Neurociências pela Universidade de Barcelona – Espanha, Pós doutora em Psiquiatria pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. Fonoaudióloga e Psicopedagoga do Serviço de Psiquiatria da Infância e Adolescência do Instituto de Psiquiatria da Faculdade de Medicina da USP.

Dra. Ligia Motta

Especialista em Voz e Disfagia. Doutora e Mestre em Gerontologia pelo programa de pós-graduação em Geriatria e Gerontologia PUCRS. Ministra cursos na área do envelhecimento da voz e deglutição em cursos de especialização em Fonoaudiologia, Odontologia e Medicina- Geriatria. Consultora em Comunicação e vocal coach em vozes profissionais e artísticas.

LOCAL

  • R. Giordano Bruno, 305 - Rio Branco, sala 101.
  • CEP: 90420-150
  • (51) 99977.8038
  • contato@cfligiamotta.com.br

CORPO DOCENTE

Profa. Ms. Adriana Leico Oda – possui graduação em Fonoaudiologia pela Universidade Federal de São Paulo (1995) e mestrado em Medicina (Neurologia) pela Universidade Federal de São Paulo (2002). Doutoranda em Neurociências pela Universidade Federal de São Paulo. Atualmente é sócia-proprietária da Neurone – Clínica, Ensino e Pesquisa em Fisioterapia e Fonoaudiologia, professor do Centro de Especialização Em Fonoaudiologia Clínica (2002), fonoaudióloga da Associação Brasileira de Miastenia Grave (ABRAMI), do Setor de Investigação em Doenças Neuromusculares da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) (1998) e da Associação Brasileira de Esclerose Lateral Amiotrófica (ABRELA) (1999). Coordenadora do Curso de Especialização “Reabilitação em Neurologia” promovido e realizado pela UNIFESP-EPM. Tem experiência na área de Fonoaudiologia, com ênfase em Neurociências, atuando principalmente em: motricidade oral, deglutição, disfagia, voz e fala, disartria, linguagem e comunicação, relacionadas à Neurologia e à Gerontologia. http://lattes.cnpq.br/8976619669743557

Profa. Dra. Flávia Benevides Foz – Doutora em Ciências pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP), especialista em linguagem pelo Conselho Federal de Fonoaudiologia (CFFa) e graduada em fonoaudiologia pela Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Atuação clínica e institucional nas áreas de linguagens oral e escrita, com ênfase em distúrbios de aprendizagem e dislexia. Professora do CEFAC Saúde e Educação – nos cursos de especialização e aprimoramento. Pioneira no uso da tecnologia informática em ambientes de aprendizagem, autora de artigos, livros e softwares. http://lattes.cnpq.br/6244721852360411

Prof.  Dr. Jaime  Luiz Zorzi –  Graduado  em Fonoaudiologia pela  Pontifícia pela Universidade  Católica de São Paulo (1976),   mestrado em Distúrbios da Comunicação  pela Pontifícia Universidade Católica de  São Paulo (1988) e doutorado em Educação pela  Universidade Estadual de Campinas (1997). Ex-Presidente  da Sociedade  Brasileira de Fonoaudiologia  e Ex-Conselheiro do Conselho  Regional de  Fonoaudiologia  – 2ª Região. Atua, clinicamente, desde 1977,   atendendo  pacientes com  alterações da linguagem  oral, escrita e aprendizagem.  Tem desenvolvido procedimentos de avaliação, diagnóstico e intervenção clínicas, largamente adotados em cursos de graduação e na prática clínica  fonoaudiológica.  Trabalhou em escola de educação infantil criando programas pedagógicos e supervisionando professores. Na área acadêmica, foi professor de cursos de graduação em fonoaudiologia na PUCSP e na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo. No campo da pós-graduação, atua no CEFAC Pós-Graduação em Saúde e Educação, como coordenador, organizador e professor de cursos  de especialização  nas áreas da Fonoaudiologia  e Educação. Tem trabalhado em programas de formação de professores de ensino fundamental e em assessoria educacional, com enfoque principalmente no desenvolvimento de propostas para facilitar a alfabetização de alunos com problemas de aprendizagem. Seu protocolo para avaliação de desempenho ortográfico e seu programa de ensino de ortografia têm sido sistematicamente utilizados por educadores da rede pública e privada, psicopedagogos e fonoaudiólogos. É diretor fundador do Instituto CEFAC, instituição na qual coordena o trabalho de avaliação multidisciplinar e dirige o atendimento de crianças com histórico de fracasso escolar. Participante do Projeto Solar Ear de fabricação de aparelhos auditivos de baixo   custo e   com bateria   recarregável. Tem experiência na área de Fonoaudiologia  e Educação, com  ênfase em desenvolvimento  infantil, atuando principalmente nos seguintes temas: fonoaudiologia, linguagem e aprendizagem. Suas pesquisas mais atuais estão voltadas para a área da aprendizagem e dos distúrbios da leitura e da escrita. http://lattes.cnpq.br/1009139853780079

Profa. Me Maura Lígia Sanchez – Mestrado em Ciências Otorrinolaringológicas pela Universidade Federal de São Paulo (2002). É graduada em Fonoaudiologia e atua,   principalmente, na Avaliação do Processamento Auditivo e na Habilitação/Reabilitação de Comprometimentos de Funções  Auditivas Centrais. Principais áreas de interesse: processamento auditivo, linguagem, dislexia, transtorno de déficit de atenção  e hiperatividade, transtorno de aprendizagem verbal e não-verbal, adaptação de prótese auditiva em crianças, adultos e idosos com comprometimento de funções auditivas centrais. http://lattes.cnpq.br/7893808163861428

Profa. Dra. Telma Pantano, graduada em Fonoaudiologia pela Universidade de São  Paulo (1997), Especialista em Linguagem pelo CRFA,  Especialista emPsicopedagogia pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, mestrado em Ciências  (Fisiopatologia Experimental) pela Universidade de São Paulo (2001), doutorado em Ciências (Fisiopatologia Experimental) pela Universidade de São Paulo (2005),  Master em Neurociências pela Universidade de Barcelona – Espanha, Pós-doutora em Psiquiatria pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade  de São Paulo. Atualmente é Fonoaudióloga e Psicopedagoga do Serviço de Psiquiatria da Infância e Adolescência do Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP-SP. É professora e coordenadora dos cursos de neurociências  e neuroeducação pelo CEFAC-SP. Tem experiência na área de Fonoaudiologia, com ênfase em cognição, linguagem e aprendizagem, atuando principalmente nos seguintes temas: linguagem, aprendizagem, cognição, transtornos afetivos, esquizofrenia e psiquiatria. http://lattes.cnpq.br/3777018623343097

ATENÇÃO: É reservado ao CEFAC, o direito de cancelamento do curso, caso não seja atingido o número mínimo de alunos necessários para abertura do mesmo.

Apoio: